terça-feira, 3 de julho de 2012

Cobertura Verde

         Um Conceito Barato e Ecológico para a Engenharia Civil

Entre os conceitos da construção sustentável, o da cobertura verde de casas e prédios talvez seja o menos conhecido e o que pode causar mais estranhamento.
Na cobertura verde a idéia é construir um “telhado vivo” através do depósito de terra e da plantação de grama no topo das construções.
Os tetos verdes já são velhos conhecidos da humanidade, com registros do uso desta técnica de construção de engenharia civil desde os tempos da antiga Babilônia ( século 6 A.C. ). Na Alemanha do século 19 também era muito comum o uso de coberturas verdes nas construções das casas rurais, as coberturas verdes tornavam a construção mais barata e protegiam as casas contra incêndios.
Mas afinal, qual a vantagem de se cultivar um gramado no topo de uma construção ?? Confira abaixo algumas das vantagens, apresentadas através do conceito de construção sustentável:


Telhado Verde
  • A cobertura verde é barata e pode reduzir os custos da obra sendo vantajosa do ponto de vista da engenharia civil.
  • Ela é uma excelente isolante acústica protegendo a casa da poluição sonora da vizinhança ( ideal para grandes cidades !! )
  • A cobertura verde ajuda na filtragem da água da chuva, que assim pode ser reutilizada com mais segurança.
  • A poeira do ar nas vizinhanças da cobertura verde acaba sendo retida pelas plantas o que torna o ar mais puro.

 Mas como nem tudo são vantagens, a cobertura verde em relação ao telhado tradicional tem a desvatagem de precisar de manutenção: de tempos em tempos a grama deve ser aparada e também folhas e pedaços secos de planta devem ser retirados das calhas para evitar entupimento.


                                                                                      Postagem: Bruno Lo Bianco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário